Bem vindo ao Cá Prá Nós!

É com prazer que apresentamos o Cá Prá Nós, uma iniciativa de divulgação das ações da TIJUPÁ e das principais notícias e articulações dos campos da Agroecologia, Economia Solidária, Reforma Agrária, Segurança Alimentar, entre outros temas. O Cá Prá Nós é uma versão on line do informativo impresso da TIJUPÁ que circulou no início dos anos 90.
Esperamos que gostem!
Equipe da TIJUPÁ

11 de out de 2011

PAD divulga Nota Pública sobre injustiças ambientais e desafios para a sociedade civil organizada


O Processo de Articulação e Diálogo Internacionais para os Direitos Humanos (PAD), rede formada por seis agências ecumênicas europeias e mais de 160 entidades parceiras no Brasil, divulga, hoje, em seu site na Internet (www.pad.org.br), Nota Pública sobre injustiças ambientais no Brasil e os desafios para a sociedade civil organizada.

O documento faz parte da iniciativa da rede no sentido de se manifestar, por meio de Notas Públicas, sobre injustiças no País e, assim, colaborar na mobilização da sociedade em prol da promoção e defesa dos direitos humanos, econômicos, sociais e ambientais das populações e povos.

Na Nota, que se voltou às questões referentes às injustiças e conflitos que afetam as populações e territórios campesinos, é discutido o contraste entre os avanços na área social do País nos últimos anos e as questões ambientais. “Verifica-se o flagrante desencontro entre melhoria nos níveis de consumo geral da população e a incapacidade do Estado em construir projetos econômicos democratizantes, que sejam base para o aprofundamento, consolidação e ampliação de uma efetiva e sustentável melhoria da qualidade de vida”, afirma.

Os casos da Transposição do São Francisco e da Usina de Belo Monte, além da expansão das atividades produtivas para as zonas costeiras, todos com prejuízos às populações locais, são citados no documento como emblemáticos da forma social e ambientalmente injusta com que o Estado brasileiro, aliado à iniciativa privada, tem conduzido o desenvolvimento.

A Nota afirma ainda que um dos principais indicadores dos problemas socioambientais que acompanham o desenvolvimento do Brasil é a existência de inúmeros conflitos em todas as regiões do País. Conflitos ambientais marcados pela violência contra a população, perda dos territórios e degradação da biodiversidade.

De acordo com o documento, a articulação e mobilização política são os principais mecanismos de enfrentamento das injustiças ambientais provocadas pelas políticas e projetos de desenvolvimento econômico.

Conheça a Nota Pública na íntegra acessando o site: www.pad.org.br

Nenhum comentário: