Bem vindo ao Cá Prá Nós!

É com prazer que apresentamos o Cá Prá Nós, uma iniciativa de divulgação das ações da TIJUPÁ e das principais notícias e articulações dos campos da Agroecologia, Economia Solidária, Reforma Agrária, Segurança Alimentar, entre outros temas. O Cá Prá Nós é uma versão on line do informativo impresso da TIJUPÁ que circulou no início dos anos 90.
Esperamos que gostem!
Equipe da TIJUPÁ

5 de jun de 2012

Suzano Papel Celulose, Vale e MPX enfrentam conflito com 5.228 famílias no Maranhão


A Suzano Papel Celulose, Vale e MPX estão em conflito de terra com mais de 5 mil famílias no Maranhão, segundo relatório “Conflitos no campo do Brasil”, divulgado na semana passa pela Comissão Pastoral da Terra, CPT. O levantamento foi feito com base em dados do ano passado. As três empresas que tocam grandes projetos no território de 331 935,507 km² do estado participam de quase metade dos conflitos com posseiros.
A Suzano Papel e Celulose está implantada em quatro estados brasileiros. Além do Maranhão está no vizinho estado do Piauí, Bahia e São Paulo. A Suzano planeja implantar duas novas linhas de produção de celulose no Maranhão com investimento de R$ 2,3 bilhões. O negócio faz parte do Plano Suzano 2024, estratégia da empresa de multiplicar seu valor até o centenário da empresa. A empresa está envolvida em disputa de área em pelo menos treze dos 217municípios maranhenses. A área de interesse da Suzano no estado abrange 22 municípios, quase todos concentrados na região Sul onde o movimento separatista adormece no aguardo de uma decisão do Congresso Nacional.
Na capital, em ao menos três áreas de disputa com posseiros a Suzano compartilha conflitos com a MPX do multimilionário Eike Batista, responsável pela instalação de uma usina termelétrica na ilha que em setembro deste ano completa 400 anos de fundação. A Suzano pretende implantar uma base florestal de eucalipto de 60 mil hectares. Depois de Pau Serrado, povoado de Urbano Santos, onde 280 famílias disputam a terra com uma das maiores produtoras de papel da América Latina é em Cajazeiras, no mesmo município, e em São Luís que a empresa enfrenta conflitos com o maior número de famílias de posseiros: são 250 famílias em cada. Em Baixinha quatro famílias resistem na luta pela posse da terra ou indenização digna.

Em três municípios a Vale, que tem como uma dos valores “ a vida em primeiro lugar”, está na disputa pela terra com 1.065 famílias de posseiros. No Quilombo de Santa Rosa dos Pretos, em Itapecuru-Mirim, distante 75 quilômetros da capital, 500 famílias buscam o reconhecimento da área tradicional. Em cinco quilombos do município de Santa Rita a Vale disputa área com posseiros. 
 Eike Batista, um dos homens mais ricos do mundo, está em contenda com 690 famílias moradoras da zona rural da ilha de São Luís. No povoado Ilhinha, na Vila Maranhão, a contenda é partilhada com a Suzano Papel e Celulose, assim como em mais duas áreas: Cajueiro e Taim. As duas abrigam 300 famílias em contenda com a empresa o poderoso Batista tentam defender o pouco que possuem.

Onde e quantos estão em conflitos da Suzano, Vale e MPX :
 SUZANO
Anapurus - Com. Formiga - 12 famílias
Barreirinhas/Urbano Santos - Cocal e Santa Isabel - 45 famílias
Belágua - Amador - 106 famílias
Belágua - Cabeceira da Prata - 12 famílias
Belágua – Jabuti - 30 famílias
Belágua – Mendes -9 famílias
Belágua – Prata dos Bazilos - 20 famílias
Belágua – Santana dos Quirinos – 16 famílias
Belágua/Chapadinha - Com. Pequizeiro – 120 famílias
Belágua/Urbano Santos – Centro Seco – 25 famílias
Brejo/Milagres/Sta Quitéria –Com. Lagoa Seca - 40 famílias
Matões – Com. São João – 18 famílias
Matões – Com. Tanque de Rodagem/Faz. Castiça – 20 famílias
Milagres – Com. Santa Helena – 35 famílias
Parnarama – Pov. Guerreiro/Faz. Cana Brava – 72 famílias
Santa Quitéria do MA – Alto Formoso – 120 famílias
Santa Quitéria do MA – Cabeceira da Tabatinga - 35 famílias
Santa Quitéria do MA – Com. Baixão da Coceira - 20 famílias
Santa Quitéria do MA –Com. Coceira – 20 famílias
Santa Quitéria do MA – Lagoa das Caraíbas - 30 famílias
Santa Quitéria do MA – Pau Serrado - 280 família
Santa Quitéria do MA – Sucuruju - 30 famílias
Santa Quitéria do MA – Bracinho – 39 - famílias
São Bernardo – Cabeceira do Magu – 30 famílias
São Bernardo – Com. Baixa Grande - 20 famílias
São Bernardo – Com Enxu – 110 famílias
São Bernardo – Com. São José – 30 famílias
São Bernardo – Mamorana - 60 famílias
São Bernardo – Santo Antônio do Magu - 60 famílias
São Luís – Cajueiro (MPX)– 180 famílias
São Luís – Pov. Ilhinha /Vila Maranhão (MPX) – 250 famílias
São Luís – Taim (MPX) – 120 famílias
Urbano Santos – Baixa do Cocal – 40 famílias
Urbano Santos – Baixa Grande - 25 famílias
Urbano Santos –Baixinha – 4 famílias
Urbano Santos –Boa União II – 80 famílias
Urbano Santos –Bom Fim – 35 famílias
Urbano Santos – Bom Jesus - 40 famílias
Urbano Santos – Bom Princípio – 25 famílias
Urbano Santos – Cajazeiras – 250 famílias
Urbano Santos – Cajueiro - 105 famílias
Urbano Santos – Canzilo - 25 famílias
Urbano Santos – Escondido – 9 famílias
Urbano Santos – Esviva - 80 famílias
Urbano Santos – Ingar - 23 famílias
Urbano Santos – Jacu - 35 famílias
Urbano Santos – Joaninha – 25 famílias
Urbano Santos – Juçaral - 40 famílias
Urbano Santos – Lagoa das Costas - 40 famílias
Urbano Santos – Lagoinha - 40 famílias
Urbano Santos – Mangabeira/Mangueira – 105 famílias
Urbano Santos – Marçal das Onças – 30 famílias
Urbano Santos – Mato Grande – 110 famílias
Urbano Santos – Pedra Grande – 45 famílias
Urbano Santos – Santa Filomena – 30 famílias
Urbano Santos – Santana – 23 famílias
Urbano Santos – São Raimundo – 55 famílias
Urbano Santos –Serrraria - 30 famílias
Urbano Santos – Surrão - 55 famílias
Urbano Santos – Todos os Santos – 55 famílias
TOTAL DE FAMÍLIA EM CONFLITOS - 3.473

VALE Açailândia – Com. Piquiá de Baixo (Gusa Nordeste) – 350 famílias
Açailândia – Faz. Conquista/Acapi - 39 famílias
Itapecuru- mirim – Quil. Santa Rosa dos Pretos – 500 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Alto da Pedra – 40 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Cariongo – 30 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Mordada – 45 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Pedreirinha – 36 famílias
Santa Rita – Com. Quilombola Santa Luzia – 25 famílias
TOTAL DE FAMÍLIAS EM CONFLITO - 1.065
MPX
São Luís – Cajueiro (Suzano ) – 180 famílias
São Luís – Com. Camboa dos Frades - 80 famílias
São Luís – Nova Camboa dos Frades - 60 famílias
São Luís –Pov. Ilhinha/Vila Maranhão – 250 famílias
São Luís – Taim (Suzano) – 120 famílias
TOTAL DE FAMÍLIAS EM CONFLITO - 690


Fonte: http://hbois.blogspot.com.br

Nenhum comentário: