Bem vindo ao Cá Prá Nós!

É com prazer que apresentamos o Cá Prá Nós, uma iniciativa de divulgação das ações da TIJUPÁ e das principais notícias e articulações dos campos da Agroecologia, Economia Solidária, Reforma Agrária, Segurança Alimentar, entre outros temas. O Cá Prá Nós é uma versão on line do informativo impresso da TIJUPÁ que circulou no início dos anos 90.
Esperamos que gostem!
Equipe da TIJUPÁ

31 de dez de 2012

Extração ilegal de areia afeta famílias

Rio é a fonte de renda em Presidente Juscelino


Rio Munim - Fonte de renda e emprego de muitas pessoas no município
Da Redação
Em São Luís
Apesar de ser considerada crime ambiental grave, a extração de areia nas margens de rio Munim não é fiscalizada em Presidente Juscelino. O produto abastece o mercado da construção civil na capital e na região. O artigo 55 da lei número 9.695 proíbe a retirada da natureza de elementos minerais sem autorização dos órgãos competentes, que no caso é o Departamento Nacional de ProteçãoMineral (PNPM).
Segundo informações recebidas pela FOLHA MARANHÃO, a autorização para as empresas extraírem o mineral de forma irregular, partiu do prefeito Dácio Rocha, afastado do cargo no inicio do mês.
Moradores ouvidos pela reportagem denunciam a retirada de areia no rio Munim acontece 24 horas por dia, e acarreta na morte de peixes e do próprio rio, que é fonte de emprego e renda de muitas famílias que aqui residem.
Outro problema que ocorre com a extração ilegal, é a destruição das ruas, estradas e avenidas do município, que ficam totalmente esburacadas, por causa do peso das máquinas e dos caminhões carregados de areia. A poeira com os serviços das máquinas, também, causam um grande número de doenças respiratórias à população.
Afonso Celso, prefeito eleito de Presidente Juscelino promete acabar com o problema, assim que tomar posse nesta terça-feira 1º de janeiro.

"Aguardamos uma posição do Afonso Celso para acabar com isso tudo, assim que ele assumir a prefeitura", declarou um morador ouvido pela reportam, mas que preferiu não ter a identidade revelada.
*Colaborou ALEXANDRE ARAÚJO, de Presidente Juscelino.
Fonte 
em 29/12/12

Nenhum comentário: