Bem vindo ao Cá Prá Nós!

É com prazer que apresentamos o Cá Prá Nós, uma iniciativa de divulgação das ações da TIJUPÁ e das principais notícias e articulações dos campos da Agroecologia, Economia Solidária, Reforma Agrária, Segurança Alimentar, entre outros temas. O Cá Prá Nós é uma versão on line do informativo impresso da TIJUPÁ que circulou no início dos anos 90.
Esperamos que gostem!
Equipe da TIJUPÁ

21 de mar de 2014

Seminário internacional discute direitos fundamentais dos povos indígenas e tribais

Seminário internacional discute direitos fundamentais dos povos indígenas e tribaisO Ministério Público Federal (MPF), por meio da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão (6ª CCR), e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promovem de 23 a 25 de abril, em Brasília, o Seminário Internacional 10 anos da Convenção 169-OIT.

Gratuita e aberta ao público, a atividade reunirá especialistas brasileiros e estrangeiros para analisar a efetiva internalização e o conhecimento da Convenção n. 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre povos indígenas e tribais, promulgada pelo Brasil em 2004. A Convenção regula diversos aspectos relacionados aos direitos dessas populações, tais como os direitos econômicos, sociais e culturais; a participação na definição de políticas públicas; a educação, a saúde e o trabalho; o direito consuetudinário e a aplicação de penas pela justiça indígena; os conflitos com outros tratados de direitos humanos; o usufruto da terra e o reassentamento das comunidades.

O seminário oferece 110 vagas, sendo 50 para o público externo, 30 para juízes federais e 30 para membros do MPF que atuem preferencialmente nos temas relativos às populações indígenas e comunidades tradicionais, área de competência da 6ª CCR. Os interessados poderão se inscrever até as 12h do dia 21 de março, pelo endereço http://escola.mpu.mp.brlink “Inscrições”. A seleção dos inscritos será feita por sorteio eletrônico. Haverá custeio de participação para os membros do MPF lotados fora da capital federal.

Programação – As palestras serão ministradas por representantes da Universidad Andina Simón Bolívar, do Equador; do Centro de Estudios de Derecho Justicia y Sociedad (Dejusticia), da Defensoría del Pueblo e da Universidad de los Andes, instituições da Colômbia; e da Corte Nacional do Equador. Pelo Brasil, serão palestrantes membros do Ministério Público Federal e especialistas do Ministério da Educação, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Entre os temas discutidos, estarão as políticas de reconhecimento e as culturas políticas nacionais; a experiência brasileira na afirmação de direitos que não se efetivam; a autonomia indígena no Brasil; a questão do gênero e da justiça indígena; a regulação do direito à consulta prévia; as populações tradicionais; a experiência e a atuação dos países representados no seminário.

A Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), instituição apoiadora da atividade, emitirá certificado de participação a quem obtiver 85% de frequência mínima. A carga horária total é de 17 horas-aula.

O seminário também conta com o apoio da Secretaria da Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça.

Informações adicionais podem ser obtidas pelo e-mailcesarbaldi@msn.com ou pelos telefones (61) 3105-6054 e (61) 3105-6316.

Clique aqui para acessar o edital de abertura de inscrições e a programação.


Seminário Internacional 10 anos da Convenção 169-OIT

Quando: de 23 a 25 de abril
Onde: Auditório do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) – Setor de Administração Federal Sul (SAFS), Quadra 2, Lote 3 – Edifício Adail Belmonte – Brasília (DF)
Vagas: 110 (membros do MPF, juízes federais e público externo)
Inscrições: até as 12h do dia 21 de março, no site http://escola.mpu.mp.br

Fonte: http://escola.mpu.mp.br/noticias/noticias/copy4_of_news_item.2014-03-19.8714198804

Nenhum comentário: